terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Mangalarga do Pará - Por Rodrigo Façanha

Dando continuidade à nossa "Missão Mangalarga" , Hoje quem nos  mostrará  o Mangalarga , com olhos Paraenses , é o nosso querido amigo Dom Rodrigo ! ...

 
E será ele quem voz descreve e mostra a preciosidade que esta em Terras abençoadas do Pará .
 



......."Depois de uma chuva torrencial, daquelas típicas da Região Amazonica, percebemos, no horizonte, o gado caminhando lentamente rumo ao prado aberto para passar a noite. Peões, vaqueiros e demais funcionários se reunem para um breve bate-papo antes de se recolherem em suas casas para a última seia do dia. 'Seu' Vavá, o gerente da Fazenda, de um olhar profundo, pele do rosto ressaquida e castigada pelo sol escaldante do Para, com rugas evidentes que bem conotam a vida dura e exaustiva que leva, dá inicio a conversa..."oh Chico, dirigindo-se ao vaqueiro, não sei o que seria de nós se não tivessemos esses cavalos Mangalarga para trabalhar... eu estou na lida desde as 7 da manhã, mas testou tranquilo, não estou doido, o cavalo é macio demais, e ainda por cima é ágil para trabalhar com esse gado, foram mais de 6 horas no lombo desse animal, e olha que o bicho está inteiro, pronto para começar tudo de novo amanhã...."

 
 
Gado sendo conduzido por burros meio sangue Mangalarga e Mangalarga puros
 

 
Esse pequeno texto extraido do livro acima citado, bem exemplifica a função dos cavalos da Raça Mangalarga no Pará. Além de serem utilizados na lida com o gado, também são usados para produzir burros muito apreciados na região, e mais ainda, também os machos são adquiridos para serem usados como melhoradores na eguada comum.
Criadores de Mangalarga do Pará  - Julio , Renato , Rodrigo e Almir .

Existem cerca de 15 criadores da Raça Mangalarga no Pará. O maior plantel é o do Haras Dom Rodrigo, com 22 éguas, 4 garanhões, e potrada desmamada ou ao pé. Tres garanhões vem se destacando no Estado; são eles DL Libano da Alvorada te (DL Uruguai da Alvorada X Atenas DL); Rebelde da Sabaúna te (Hercules da Janga X Opigena OJC), DL Berlim da Alvorada (Romance DL X Jacira DL).
Quanto às matrizes, destacam-se duas que produziram inumeros filhos Campeões de Morfologia e Andamento, são elas - Bugrinha das Tres Fronteiras (in memorian) (Garboso RS X Gostosa); e Pakera Tres Rios (Confiante JO X Ferrugem Jama).

A maioria dos criadores locais fizeram opção pelo capim Tangola para o pasto de seus animais. Esse capim mostrou-se muito adaptado às condições atipicas da Região Amazonica.
 

 
Rodrigo Façanha .
 
 

Rodrigo equitando no Haras .
 

DL Berlim da Alvorada
 

Revista Hipus
 
 

Confraternizaçao de criadores de cavalos Mangalarga .
 
 

DL Libano da Alvorada
 
 

 
 
 
Confraternização no Haras Dom Rodrigo
 
 
 
Bardot SRF
 


Baias do Haras Dom Rodrigo .
 
 




 

Um comentário:

  1. Olà Rodrigo seu haras è lindo com uma boa estrutura.Didi

    ResponderExcluir